É uma pergunta muito comum pra quem começa a estudar SEO ou ouve falar do assunto. Sempre que trabalho com novos profissionais e apresento o SEO para essas pessoas, uma das perguntas mais frequentes é: mas o que é mais importante pro Google? O que é mais relevante? Amigo… ninguém sabe! Só o Google!

O que posso te dizer é que, sim, temos uma ideia, e isso é baseado em experiência própria e de vários cases de SEO ou profissionais da área no mundo inteiro. Felizmente a comunidade de SEO e marketing digital como um todo possui um grande volume de conteúdo compartilhado na internet que nos ajudam muito nessa missão de colocar uma página bem posicionada no Google. Mas infelizmente, ele, sendo o dono da busca na internet (com excessão da China onde foi banido), é que decide o que vai considerar ou não como mais importante para o seu usuário para julgar se o seu site e suas páginas são ou não importantes para colocar bem posicionado nos resultados de busca.

Mas não se desespere. Como eu disse anteriormente, é possível saber o que vai funcionar ou não. No entanto, não existe uma formula exata para todos os sites do mundo. Isso depende muito de vários fatores que vão impactar no SEO do seu site, tais como seu nicho ou mercado, concorrentes, usuários ou clientes e, principalmente, do Google, que decide quando deve mudar seu algoritmo de busca. As vezes ele avisa… as vezes ele espera você notar a diferença.

O que eu posso adiantar para você: existem meios de saber o que funciona melhor.

Testes, testes e mais testes

Testes suas teorias. Faça testes A/B. Mas não deixe de testar. Essa é a parte mais importante do SEO. Como eu disse anteriormente, o que funciona pra um, pode não funcionar para outro. Troque títulos, faça link building, crie conteúdo! Teste sempre!!! Dessa forma, você vai saber o que serve ou não para o seu negócio.

Mensure tudo o que fizer

Não adianta criar testes, estratégias e ações se você não medir essas mudanças. Tenha um bom web analytics instalado no seu site, ou mais de um dependendo do tamanho dele, e acompanhe as métricas que façam mais sentido. Veja como estão seus acessos orgânicos, compare suas visitas desk e mobile, compare o tráfego orgânico com outros canais como pago, de e-mail e também com relação a todo o volume do site. Se você não acompanhar os números, não vai saber o que está dando certo ou errado.

Leia e estude. Todo dia!

SEO é muito volátil e o Google é doido! Você sabe quantas vezes por ano o Google altera o funcionamento do seu algoritmo por ano? Pois é, nem eu. Estima-se que seja em torno de 600 mudanças. E como sabemos o que vai trazer mais impacto? Lendo. Acompanhe os principais blogs da área (recomendo o Moz e Search Engine Land, além do próprio Google) e profissionais de SEO no Twitter (eu, e veja essa lista aqui de SEOs de fora e de SEOs brasileiros). Sempre que possível, leia também sobre as patentes dos algoritmos do Google e o material de apoio para webmasters que o Google disponibiliza na internet.

O que me trouxe mais retorno de SEO até hoje

O que eu sei que funciona em SEO
Performance: quanto mais leve as páginas de uma site e quanto mais rápido carregar suas páginas, maior foi o ganho de acesso orgânico.

HTTPS: quanto mais seguro o site, mais retorno de acesso orgânico.

Conteúdo: continua sendo rei! Tenho um site sem atualização que recebe em média 6000 visitas por mês só por causa do conteúdo produzido dentro dele. Crie conteúdo de qualidade e que as pessoas estejam buscando.

Link Building: demora pra trazer retorno, mas vale a pena, quando feito corretamente.

Site mobile: mais de 50% das buscas no Google são mobile. Cada vez mais ele tem dado preferência para sites que possuem versões responsivas ou mobile que favorecem a experiência do usuário.

O que deu mais certo pra você até hoje? Deixe nos comentários!!!