Escolher o domínio de um site não é uma tarefa tão simples assim. É necessário que essa escolha seja estratégica e esteja de acordo com o objetivo do seu negócio. Você quer que as pessoas te achem pelo o que você oferece como serviço e produto ou pela sua marca? Se for por sua marca, ela é conhecida? Se for por seu negócio, como as pessoas procuram por ele?

Ter um domínio com o nome da sua marca irá fazer sentido se alguns desses pontos forem verdadeiros:

  • sua marca está estabilizada no mercado e é conhecida, como Apple, Nokia etc.
  • você pretende investir em propaganda e publicidade para promover sua marca.
  • sua marca é seu nome ou é única, como www.anahickmann.com.br
  • você quer que seu site ranqueie bem nos resultados de pesquisa para buscas por sua marca.

Se o seu caso não é nenhum dos descritos acima, você pode escolher um domínio que contenha palavras-chave que identifiquem o seu tipo de negócio.

A palavra-chave será melhor que sua marca pois assim, os robôs de busca poderão identificar melhor o assunto abordado no seu site e, no caso dos usuários, passarão a conhecer sua marca quando encontrarem o seu site através dos buscadores.

Em casos que a marca possui a palavra-chave, como por exemplo o iCarros, onde a palavra-chave principal é também o nome da marca, a preocupação em termos de resultados de busca será: quanto essa palavra-chave é concorrida e como você pode competir nos resultados de busca. Considerando que a sua palavra-chave principal seja “carros”, como competir com grandes sites como o iCarros e WebMotors que sempre estão bem rankeados?

Estão listados abaixo os passos para escolher um bom domínio e ficar bem posicionado nos resultados de busca.

Passo 1: identificar palavras relacionadas ao negócio

Liste as palavras-chave relacionadas ao seu negócio em um arquivo de texto ou tabela. Por exemplo, se você vende cosméticos para mulheres, pode colocar nessa lista as palavras “cosméticos, produtos de beleza, produtos de beleza para mulheres, cosméticos para cuidados da pele” e qualquer palavra relacionada ao seu negócio. Quanto maior essa lista, mais opções de nomes você terá para escolher depois.

Passo 2: saiba o que as pessoas procuram

Depois que tiver essa lista pronta, acesse a ferramenta de sugestão de palavras-chave do Google Adwords, cole as palavras listadas no campo “Palavra ou frase” e, antes de clicar em “Pesquisar”, certifique-se de que em “Locais” está Brasil e em “Idioma” está Português.
Ferramenta de palavras-chave

Essa ferramenta irá mostrar o volume de busca mensal de cada palavra-chave da sua lista e também palavras relacionadas à elas.

Passo 3: escolha a palavra-chave certa

Depois de fazer a pesquisa, selecione a aba “Ideias de palavras-chave” e em seguida organize a tabela por “Pesquisas locais mensais” clicando nesse título na tabela.

Lista de palavras-chave

Nessa lista você irá encontrar várias palavras e termos chave relacionados à pesquisa que você fez. Ao organizar a tabela por volume, você encontrará as palavras-chave mais buscadas mensalmente no Google no topo da listagem. Aqui você deve tomar muito cuidado pois, quanto maior o volume de buscas mensais, possivelmente mais difícil será a sua concorrência. Nesse caso, sugiro que trabalhe com uma palavra-chave “long tail”, ou seja, a palavra-chave exata estará casada com outras duas ou três palavras secundárias.

Passo 4: verifique sua concorrência

Com essas palavras que usei como exemplo, a palavra-chave “cosméticos” possui o maior volume de busca, por esse motivo, a palavra deve ter uma concorrência alta. Para verificar isso, vá no Google e digite a palavra-chave na pesquisa. Note que abaixo dos resultados de busca aparece a quantidade aproximada de resultados. Nesse caso, foram retornados mais de 15 milhões de resultados.

Resultados por cosmeticos no google

Aproveitando o resultado de busca, verifique também quais são os sites nas primeiras posições. Sites com muito tempo de web ou muito conhecidos como e-commerces e portais dificilmente serão superados. Então a melhor saída aqui é casar essa palavra com alguma outra. Eu poderia usar “cosmeticos importados”, “cosmeticos de beleza” ou “cosmeticos para mulher”.

Como eu não havia pesquisado por esses termos na ferramentas de palavras-chave do Google, eu vou verificar qual a melhor opção pra mim.

Para fazer melhor essa análise, coloque no documento que você criou para a listagem dessas palavras o volume de busca de cada uma e a quantidade de resultados encontrados no Google. Liste quantas palavras achar que deve e escolha cuidadosamente pensando nessa estratégia: “volume de busca alto x concorrência fácil”. Quanto maior o volume de busca e menor a concorrência, melhor para você aparecer bem posicionado nos resultados de busca quando buscarem pelos termos relacionados ao seu negócio.

Passo 5: busca por domínio disponível e registro

Depois que você decidir qual a melhor palavra-chave, use uma ferramenta de verificação de domínios disponíveis. Uma bem últil é a GoDaddy onde você pode verificar várias extensões de domínios e palavras de uma vez.

Primeiro, procure a disponibilidade do domínio como .com.br.
Busca por domínio .com.br

Se o domínio não estiver disponível para nenhuma das palavras-chave que você escolheu, você pode tentar o “Bulk Search” do site e tentar domínios como .com e .net.

GoDaddy Bulk Search

Atenção!!!! O tamanho do domínio não deve ser muito grande por três motivos:

  1. Seus visitantes terão dificuldade de recordar o seu domínio se ele for muito extenso. Um domínio pequeno será muito mais fácil de memorizar.
  2. Com um domínio grande, as URLs de sub páginas, categorias, artigos ou qualquer tipo de hierarquia do seu site ficariam muito extensas. Além de dificultar na usabilidade do usuário pelo motivo 1, isso também prejudica a relevância das palavras-chave presentes na URL, pois o robô de busca dá mais relevância as primeiras palavras do que para as últimas.
  3. URLs compridas podem aparecer cortadas nos resultados de busca como na imagem abaixo. Como o usuário não enxergará a URL inteira, isso pode influenciá-lo a não clicar no resultado de busca da sua página.

    Exemplo de URL cortada nos resultados de busca

E se você tiver que usar o nome da marca no domínio de qualquer forma?

Nem sempre é possível deixar de lado a marca para registrar o domínio do site. Nesse caso, trabalhe da melhor maneira possível as palavras-chave do seu negócio em títulos, headers, textos âncoras e tags de relevância para SEO onpage. Recomendo a leitura do “Guia de otimização para mecanismos de busca do Google” para aqueles que não dominam o assunto.

Referência: CLAY e SPARZA. SEO for Dummies. 2009. 471 – 474p.