A URL é um dos principais pontos de informação sobre uma página, tanto para os buscadores quanto para os usuários. Para o robô de busca, é uma das primeiras leituras que ele faz para coletar informações relevantes da página, para o usuário, é a primeira informação que ele possui quando tem acesso a essa URL diretamente, ou quando acessa essa página por mecanismos de pesquisa ou redes sociais, é uma das primeiras informações que ele lê sobre a página.

Além disso, a URL é um dos fatores de ranqueamento mais importantes para SEO. Abaixo, estão listados algumas práticas de SEO para te ajudar a criar URLs otimizadas e amigáveis.

  1. Use palavras-chave: para cada nova página ou artigo que criar no seu site ou blog, use palavras-chave no corpo da página mas inclua-as também na URL. Por exemplo, se a minha palavra-chave é “restaurante japones sp” uma boa URL para a minha página poderia ser http://dominio.com.br/restaurante-japones-em-sp ao invés de http://dominio.com.br/restaurante ou http://dominio.com.br/japones.
  2. Use 301 para redirecionar URLs com erro ou movidas: quando você muda a URL ou quando remove uma página por algum motivo, a sua URL que já foi indexada por motores de busca ou está sendo linkada em algum site vai retornar erro 404 se não for encontrada. Para evitar esse tipo de erro, e perder relevância nos resultados de busca, avise os motores de busca com o redirecionamento 301 que essa URL foi movida para uma nova página. Veja como isso pode ser feito na página de webmasters do Google.
  3. Use favicon: o favicon é uma imagenzinha que fica próximo da URL na barra de endereços do navegador. Essas imagens, apesar de não influenciarem diretamente no ranqueamento da página, são user-friedly, os motores de buscas podem incluir essas imagens junto com os resultados de busca da sua página e ainda ajuda no reconhecimento da sua marca pelos usuários.
  4. Use URLs canônicos: você pode evitar a penalização de conteúdo duplicado apenas mostrando para o robô de busca qual a URL de preferência de uma determinada página. Problemas com URLs duplicadas costumam ser mais comuns com páginas que são criadas dinamicamente, como paginações, páginas de filtros, produtos, etc. Por isso, é altamente recomendado que seja usado a canonical tag para mostrar para o robô de busca qual a URL principal em casos que possam haver essa variação de páginas onde a URL e o conteúdo se alteram em poucos aspectos, como com o uso de parâmetros ou em casos de páginas de tags ou categorias em um blog. Veja como fazer um bom uso da canonical tag no blog do Google.
  5. Liste as URLs mobile no sitemap.xml: seu sitemap.xml pode mostrar para os robôs de busca quais URLs são amigáveis para dispositivos móveis. O Google tem dado muita atenção para as páginas que são acessíveis e amigáveis nos dispositivos móveis e o uso de smartphones e celulares para acessar a internet tem crescido cada vez mais no mundo inteiro. Mostre para o robô de busca que seu site pode ser acessado por esses dispositivos, mesmo que suas páginas sejam responsivas. Páginas que são acessíveis em smartphone e celulares possuem melhores posicionamentos quando o usuário faz uma busca mobile. Veja o guia que o Google montou sobre como deixar seu site o melhor mobile-friendly possível.
  6. Bloqueie URLs ruins com o robots.txt: os mecanismos de buscas podem penalizar um site quando esse possui várias páginas que possuem o mesmo conteúdo ou pode retirar a relevância de um site através das páginas de má qualidade que ele oferece para o usuário. Ao bloquear a indexação desses tipos de de páginas para que os robôs de buscas não as indexe, pode impedir que esses tipos de penalizações aconteçam. Use o arquivo robots.txt para mostrar aos robôs de busca quais páginas não devem ser indexadas ou quais diretórios devem ser ignorados. Saiba como usar e criar um arquivo robots.txt para seu site.
  7. Não use letras maiúsculas nas URLs: deixe sua URL o mais amigável possível, sendo assim, não use letras maiúsculas. Isso pode fazer com que sua URL seja mais difícil de ser lembrada pelos usuários e pode dificultar a interpretação da URL pelos robôs de busca.
  8. Coloque conteúdo de maior autoridade em pastas de maior nível: organize e mapeie o conteúdo do seu site de forma que suas URLs possuam uma estrutura lógica e apresente a importância de uma determinada página do site. Quanto menos diretórios na URL, ou seja, quanto mais perto do nome do domínio se encontrar a URL da página, maior relevância você atribuirá a ela. Uma URL http://dominio.com.br/nome-da-pagina é muito melhor que http://dominio.com.br/diretorio-1/diretorio-2/nome-da-pagina, no entanto em casos de hierarquias, pode-se usar um diretório para separar os tipos de conteúdo. Portais e e-commerces fazem dessa forma.
  9. Use traços nos lugares de underlines: para separar as palavras da sua URL use traços (-) ao invés de underlines (_). O algoritmo do robô de busca não consegue entender que um underline é a separação de uma palavra para a outra, mas com traços sim. Isso vai ajudar a melhorar a relevância de suas páginas nos resultados de busca.
  10. Toda URL deve ser legível: toda palavra na sua URL deve ser facilmente lida pelos usuários ou pelos motores de busca. As pessoas leem as URLs antes de decidir se irão acessar seu conteúdo. Os robôs de busca leem a URL da mesma forma que lê todo o conteúdo de uma página. Ao conseguirem interpretar a informação da sua página corretamente, ele poderão apresentar suas páginas nos resultados de busca corretos, ou seja, os usuários que mais te interessam como publico alvo.

Esses foram apenas alguns pontos para se ter uma URL amigável e otimizada. Existem várias outras coisas que devem ser evitadas em uma URL como o uso de caracteres especiais, ou que seja muito comprida, ou que tenha excesso de parâmetros, etc.

Tente se manter atualizado quanto as novas alterações e atualizações dos algoritmos de busca que dificilmente você irá perder relevância para se manter bem posicionado.

E lembre-se de pensar primeiro no usuário do que no robô de busca, para garantir que o SEO de suas páginas sejam um sucesso! Dúvidas, deixe nos comentários!

Referência: 10 Top Ways To Optimize Your URL For Search Engines