Google Analytics

Curso online gratuito Google Analytics Fundamentals e certificação Google Academy

Posted by & filed under Anlytics, Curso Online.

O Google disponibilizou um treinament gratuitogratuito com direito à certificação sobre o básico do Google Analytics.

O curso trata de uma forma clara sobre a parte básica da ferramenta, possui vídeos e textos em PDF, o que ajuda no entendimento do curso.

O curso ainda está disponível no site “Analytics Academy Courses” mas a data final para conseguir a certificação foi ontem, dia 30/10.

Vale a pena fazer esse curso online pois são baseados na nova versão do Google Analytics e ensina algumas funcionalidade de criação de filtros, metas e propriedades na prática e ainda é uma boa base para quem quiser tirar a certificação paga da ferramenta.

Certificado - Digital Analytics Fundamentals - Analytics Academy Courses

Infográfico: 12 ideias brilhantes para posts de blogs

Posted by & filed under Infográficos.

Você sabia que empresas que possuem blogs recebem 55% mais tráfego nos seus sites?

Para ajudar nessa parte de manter um blog atualizado e com bom conteúdo para garantir o ganho de tráfego, a Wishpond criou um infográfico com 12 ideias brilhantes para posts de blogs.

Veja abaixo ou clique na imagem para ver o infográfico em tamanho real.

12 ideias brilhantes para posts de blogs

Tradução livre

  1. Dicas de produtos e como fazer: escreva dicas sobre seus produtos e como usá-los.
  2. Estudos de caso: escreva uma série de histórias de sucesso sobre sua área.
  3. Debates: adicione interação com debates no seu blog.
  4. Novidades sobre área: escreva sobre as novidades da sua área de atuação.
  5. Estilo de vida: escreva sobre questões relacionadas ao estilo de vida dos seus clientes.
  6. Notícias sobre a empresa: poste notícias sobre sua empresa em seu blog.
  7. Listas de artigos bons e relevantes: resuma uma lista de top 10 artigos ou mesmo páginas do Facebook.
  8. Histórias de sucesso de clientes: valorize seus clientes apresentando seus casos de sucesso no seu blog.
  9. Entrevistas com líderes da indústria: busque por líderes da indústria e entreviste-os.
  10. Entrevista com CEO e funcionários da sua empresa: coloque uma cara pessoal na sua marca – estabeleça entrevistas mensais para apresentar os talentos dentro da sua própria empresa.
  11. Sorteios: aumente a interação do seu blog através de sorteios.
  12. Víideos e multimídia: misture tudo isso com vídeos, slides ou infográficos.
Como escolher o domínio do seu site com base em buscas online?

Como escolher o domínio do seu site com base em buscas online?

Posted by & filed under SEO.

Escolher o domínio de um site não é uma tarefa tão simples assim. É necessário que essa escolha seja estratégica e esteja de acordo com o objetivo do seu negócio. Você quer que as pessoas te achem pelo o que você oferece como serviço e produto ou pela sua marca? Se for por sua marca, ela é conhecida? Se for por seu negócio, como as pessoas procuram por ele?

Ter um domínio com o nome da sua marca irá fazer sentido se alguns desses pontos forem verdadeiros:

  • sua marca está estabilizada no mercado e é conhecida, como Apple, Nokia etc.
  • você pretende investir em propaganda e publicidade para promover sua marca.
  • sua marca é seu nome ou é única, como www.anahickmann.com.br
  • você quer que seu site ranqueie bem nos resultados de pesquisa para buscas por sua marca.

Se o seu caso não é nenhum dos descritos acima, você pode escolher um domínio que contenha palavras-chave que identifiquem o seu tipo de negócio.

A palavra-chave será melhor que sua marca pois assim, os robôs de busca poderão identificar melhor o assunto abordado no seu site e, no caso dos usuários, passarão a conhecer sua marca quando encontrarem o seu site através dos buscadores.

Em casos que a marca possui a palavra-chave, como por exemplo o iCarros, onde a palavra-chave principal é também o nome da marca, a preocupação em termos de resultados de busca será: quanto essa palavra-chave é concorrida e como você pode competir nos resultados de busca. Considerando que a sua palavra-chave principal seja “carros”, como competir com grandes sites como o iCarros e WebMotors que sempre estão bem rankeados?

Estão listados abaixo os passos para escolher um bom domínio e ficar bem posicionado nos resultados de busca.

Passo 1: identificar palavras relacionadas ao negócio

Liste as palavras-chave relacionadas ao seu negócio em um arquivo de texto ou tabela. Por exemplo, se você vende cosméticos para mulheres, pode colocar nessa lista as palavras “cosméticos, produtos de beleza, produtos de beleza para mulheres, cosméticos para cuidados da pele” e qualquer palavra relacionada ao seu negócio. Quanto maior essa lista, mais opções de nomes você terá para escolher depois.

Passo 2: saiba o que as pessoas procuram

Depois que tiver essa lista pronta, acesse a ferramenta de sugestão de palavras-chave do Google Adwords, cole as palavras listadas no campo “Palavra ou frase” e, antes de clicar em “Pesquisar”, certifique-se de que em “Locais” está Brasil e em “Idioma” está Português.
Ferramenta de palavras-chave

Essa ferramenta irá mostrar o volume de busca mensal de cada palavra-chave da sua lista e também palavras relacionadas à elas.

Passo 3: escolha a palavra-chave certa

Depois de fazer a pesquisa, selecione a aba “Ideias de palavras-chave” e em seguida organize a tabela por “Pesquisas locais mensais” clicando nesse título na tabela.

Lista de palavras-chave

Nessa lista você irá encontrar várias palavras e termos chave relacionados à pesquisa que você fez. Ao organizar a tabela por volume, você encontrará as palavras-chave mais buscadas mensalmente no Google no topo da listagem. Aqui você deve tomar muito cuidado pois, quanto maior o volume de buscas mensais, possivelmente mais difícil será a sua concorrência. Nesse caso, sugiro que trabalhe com uma palavra-chave “long tail”, ou seja, a palavra-chave exata estará casada com outras duas ou três palavras secundárias.

Passo 4: verifique sua concorrência

Com essas palavras que usei como exemplo, a palavra-chave “cosméticos” possui o maior volume de busca, por esse motivo, a palavra deve ter uma concorrência alta. Para verificar isso, vá no Google e digite a palavra-chave na pesquisa. Note que abaixo dos resultados de busca aparece a quantidade aproximada de resultados. Nesse caso, foram retornados mais de 15 milhões de resultados.

Resultados por cosmeticos no google

Aproveitando o resultado de busca, verifique também quais são os sites nas primeiras posições. Sites com muito tempo de web ou muito conhecidos como e-commerces e portais dificilmente serão superados. Então a melhor saída aqui é casar essa palavra com alguma outra. Eu poderia usar “cosmeticos importados”, “cosmeticos de beleza” ou “cosmeticos para mulher”.

Como eu não havia pesquisado por esses termos na ferramentas de palavras-chave do Google, eu vou verificar qual a melhor opção pra mim.

Para fazer melhor essa análise, coloque no documento que você criou para a listagem dessas palavras o volume de busca de cada uma e a quantidade de resultados encontrados no Google. Liste quantas palavras achar que deve e escolha cuidadosamente pensando nessa estratégia: “volume de busca alto x concorrência fácil”. Quanto maior o volume de busca e menor a concorrência, melhor para você aparecer bem posicionado nos resultados de busca quando buscarem pelos termos relacionados ao seu negócio.

Passo 5: busca por domínio disponível e registro

Depois que você decidir qual a melhor palavra-chave, use uma ferramenta de verificação de domínios disponíveis. Uma bem últil é a GoDaddy onde você pode verificar várias extensões de domínios e palavras de uma vez.

Primeiro, procure a disponibilidade do domínio como .com.br.
Busca por domínio .com.br

Se o domínio não estiver disponível para nenhuma das palavras-chave que você escolheu, você pode tentar o “Bulk Search” do site e tentar domínios como .com e .net.

GoDaddy Bulk Search

Atenção!!!! O tamanho do domínio não deve ser muito grande por três motivos:

  1. Seus visitantes terão dificuldade de recordar o seu domínio se ele for muito extenso. Um domínio pequeno será muito mais fácil de memorizar.
  2. Com um domínio grande, as URLs de sub páginas, categorias, artigos ou qualquer tipo de hierarquia do seu site ficariam muito extensas. Além de dificultar na usabilidade do usuário pelo motivo 1, isso também prejudica a relevância das palavras-chave presentes na URL, pois o robô de busca dá mais relevância as primeiras palavras do que para as últimas.
  3. URLs compridas podem aparecer cortadas nos resultados de busca como na imagem abaixo. Como o usuário não enxergará a URL inteira, isso pode influenciá-lo a não clicar no resultado de busca da sua página.

    Exemplo de URL cortada nos resultados de busca

E se você tiver que usar o nome da marca no domínio de qualquer forma?

Nem sempre é possível deixar de lado a marca para registrar o domínio do site. Nesse caso, trabalhe da melhor maneira possível as palavras-chave do seu negócio em títulos, headers, textos âncoras e tags de relevância para SEO onpage. Recomendo a leitura do “Guia de otimização para mecanismos de busca do Google” para aqueles que não dominam o assunto.

Referência: CLAY e SPARZA. SEO for Dummies. 2009. 471 – 474p.

Livro: SEO for Dummies

Livro: SEO for Dummies

Posted by & filed under Livros.

O livro SEO for Dummies, escrito por Bruce Clay, um dos maiores profissionais de SEO do mercado mundial, e por Susan Esparza, é um dos livros mais completos sobre o assunto, na minha opinião. Uso com freqüência como referência e indico a todos os profissionais iniciantes e veteranos a leitura dele. Abaixo segue o preview do livro disponível no Google Books.

A importancia de um blog para seu negócio, produto ou marca

A importância de um blog para seu negócio, produto ou marca

Posted by & filed under Marketing Digital.

Fazer com que uma marca ou serviço sejam conhecidos pelos seus clientes não basta investir apenas em campanhas offline como propagandas na TV e impressos. Com a rápida evolução e crescimento da internet, ignorar esse meio é descartar um grande público em potencial.

Mesmo com uma presença online através de redes sociais, site institucional e sites de guias de locais, nos casos de empresas físicas, um blog pode ajudar a promover ainda mais sua marca e aumentar a aproximação dos clientes.

Abaixo estão listados 7 motivos para ter um blog da sua marca e serviço.

  1. Pessoas online
    De acordo com uma divulgação do Ibope Media de Dezembro de 2012, existem mais de 94 milhões de pessoas navegando na internet, só no Brasil. O país é o quinto do ranking mundial de acessos online. O blog pode alcançar com mais facilidade os clientes ativos na internet, pois é uma forma de interação com a marca, seja por meio de críticas, elogios ou tira dúvidas.
  2. Tráfego de busca
    De acordo com o Google, foram feitas mais de 1,2 trilhão de pesquisas no buscador. Levando em conta que os sites melhores posicionados são os atualizados nos rankings com mais facilidade, de acordo com as diretrizes de qualidade do próprio buscador, ter um blog ajuda na questão dessa visibilidade para as pessoas que não conhecem o seu produto/serviço mas buscam por ele nos sites de pesquisa.
  3. Credibilidade
    As pessoas se sentem mais à vontade em comprar alguma coisa quando elas conhecem o produto, serviço ou marca. Um blog atualizado regularmente vai ajudar as pessoas a conhecerem melhor o seu negócio.
    Além disso, com a possibilidade de comentários você aproximará ainda mais essas pessoas, pois, com esse tipo de interação, é possível construir um relacionamento mais fiel com seus clientes e consequentemente ganhar aumento nas vendas.
    Um blog irá dar uma “cara” para a sua marca e também vai permitir que seus clientes fiquem atualizados quanto aos novos serviços ou produtos que oferecer.
  4. Aumento de visitas = mais conversões
    Quanto mais conteúdo no blog, mais clientes irão chegar ao seu negócio. Com isso, é possível alcançar mais vendas ou cadastros de futuros compradores.
    Leve em conta que a venda não é a única conversão que o blog influenciará, mas também em novos cadastros, contatos, comentários, etc. Qualquer interação feita pelo visitante, poderá ser usada para o crescimento do negócio.
    Para isso, é importante manter o blog conectado a serviços de redes sociais como Facebook e Twitter para que sempre que houver um novo conteúdo, seus clientes saibam da atualização e visitem seu site.
  5. Torne-se especialista na sua área
    Um blog irá te ajudar a se tornar um especialista na sua área e, mantendo-o atualizado, irá reforçar a ideia de que entende do assunto muito bem, o que passa confiança ao cliente.
    Com atualizações regulares, fará também com que se torne uma referência. Sempre que as pessoas procurarem por assuntos relacionados ao seu negócio, será procurado. Com isso você estará construindo uma presença na internet que influenciará na sua relação com seus clientes.
  6. Isso lhe dará uma voz
    Todo negócio precisa de uma voz, e um blog é uma maneira simples de fazer isso. Nos dias de hoje, qualquer um pode publicar coisas na internet falando bem ou mal de uma marca. Com um blog para o seu negócio, você conseguirá construir sua reputação na internet.
    Com a competitividade do mercado, um blog é importante para que se tenha uma voz na internet. Assim, seus clientes poderão ler seu conteúdo e levarem em conta que você é uma autoridade confiável.
  7. Fácil e barato
    Construir um blog é muito fácil. Existem várias ferramentas disponíveis na internet para isso, como os CMS (Content Manager System), que são gerenciadores de conteúdo e os próprios sites de blogs. Ainda existem tutoriais que ajudam nessa parte, o que ajuda a dispensar mãos de obra caras. Um CMS muito conhecido e que possui uma vasta galeria de templates e tutoriais é o WordPress.

Se você tem uma marca e ainda não possui um blog, repense nas possibilidades de aumento de vendas e aproximação dos clientes que isso irá te dar. A tecnologia facilita cada vez mais a interação das pessoas na internet, tanto por meios fixos, como computadores, quanto por meios móveis, como os celulares. É cada vez mais comum as pessoas ficarem conectadas e você não vai querer ficar invisível para elas.

Tem mais dicas? Deixe nos comentários!

Foto: Kristina B